Posts com Tag ‘PEITOS DOLORIDOS OU MACHUCADOS’

Minha filha prefere o peito direito. O que fazer? (2 repostas)

20 \20e março, 2006

Olá,

Estou com uma dúvida e gostaria de saber se vscs podem me ajudar… Minha filha de um mês de idade mama que é uma maravilha no meu peito direito, mas quando passa para o esquerdo ela engasga, chora e luta contra o peito. Estou desconfiada que estou com excesso de leite neste peito e não sei mais o que fazer. Já tentei amamentar na posição invertida, deitada, “cavalinho”, mas nada adianta. O pior é que este peito fica entupido de leite e eu estou começando a ficar com medo de que o leite empedre. O que posso fazer?

Obrigada, L.

Olá,

Tenho um bebê de 14 dias e estou amamentando no peito, porém estou com algumas dúvidas… Meu seio direito parece estar menor e com pouco leite. Além disso, às vezes é um pouco difícil fazer ela mamar neste lado. É normal? Tenho medo que meu leite acabe secando em função disso. Isto pode acontecer? Tenho ingerido muita água, para estimular o leite. Existe algum alimento ou líquido que ajude aumentar o leite?

Desde já agradeço a atenção, A.

Cara L.,

Este é um problema comum de encontrarmos. Preferências… nós também as temos. Claro que as atitudes que você tomou são as mais comumente usadas e devem ser tentadas exaustivamente, mas… podemos driblar isto esvaziando o peito antes da mamada, para facilitar a pega, a mamada em si e evitar os engasgos da criança. Como? Bem pode ser com uma ordenha manual, que está descrita nas dicas do site das Amigas ou utilizando bombas de tirar leite com cuidado. Há alguma possibilidade de você paticipar de um dos grupos de apoio? No site há também os locais de reunião e horários. Abraços,
Maria Lúcia
Amigas do Peito

Cara A.,

Muitas de nós temos um peito mais produtor que o outro, ou que tem mais ductos de saída e assim o bebê gosta mais de um que do outro. Isto pode até fazer o peito “preguiçoso” produzir um pouco menos, pois é menos estimulado, mas o outro passa a produzir mais. O que vai acontecer é que depois de um tempo um fica mais volumoso que o outro, mas tudo volta ao normal em poucos meses. Você pode estimular o menos preferido, começando sempre as mamadas por ele, até que a produção se equilibre mais.

Abraços,
Amigas do Peito

Meus seios doem e ardem muito ao amamentar. O que fazer?

20 \20e março, 2006

Amigas do Peito,

Estou com um bebezinho lindo de 44 dias de nascido. O seu nome é Gabriel e estou tentando amamentá-lo desde o nascimento. Ele, no início, nao tinha uma boa pega mas agora já está tudo bem. No entanto, meu seio continua doendo muito e ardendo. Já fui ao médico, que insiste em dizer que é problema de pega. Através de uma orientação de uma enfermeira especializada em amamentacao, recebi orientação, mas o problema continua. Vocês têm alguma sugestao a mais sobre o que pode estar causando tanta dor ao meu ato de amamentar?

Estou complementando a alimentação dele com leite Nan, pois não aguento a dor. Ele mama até eu não aguentar mais. Isso pode prejudicar ainda mais a amamentação natural?

Agradeco a ajuda com os esclarecimentos e sugestões,
J

J.,

Alguns fatores podem estar influindo para que aconteça esta dor. Além da má pega, que muitas vezes é uma maneira discretamente enviezada de mamar ou uma torção no corpo do bebê que não fica diretamente voltado para a mãe, há a colocação dos dedos em forma de tesoura, para “não deixar a criança sufocar”, como se diz. Isto é um tremendo impedimento a uma boa pega. Este ato traciona a pele da mama. Para o bebê, parece que ele vai perder o bico, e aí ele morde com as gengivas para prender.

De todo modo, o uso de mamadeira, chupeta e outros bicos de silicone e borracha podem provocar um fechamento da boca de forma diferente da pega da mamada no peito, o que também causa dor. Há ainda a possibilidade da monilíase, que muitas vezes acontece na gravidez e fica ainda um tempo depois, não só lá embaixo como nos mamilos.

Se estas coisas estão corrigidas e permanece a dor, que tal dar uma chegada num de nossos grupos de apoio para um contato ao vivo?
Até lá, abraços,

Maria Lúcia
Amigas do Peito

Pai pergunta: como aliviar a dor da minha esposa que está com mastite?

20 \20e março, 2006

Boa Noite a todas vocês, e parabéns pelo bom trabalho que executam nesta área.

Meu nome é A. e estou vendo e acompanhando o sofrimento de minha esposa para dar de mamar para nosso filho que tem 1 mês e 9 dias. Infelizmente essa tal de mastite veio prejudicá-la nessa linda etapa que é a amamentação. Nesse período do recém-nascido, é nosso segundo filho e esse veio com muita fome no mundo, gostaria de saber de vocês algum meio de poder ajudar a minha esposa, pois estou aqui vendo o sofrimento dela e não posso fazer nada.

Foi através da Internet que eu li alguns depoimentos a respeito da mastite e com o apoio de vocês essas mães conseguiram cuidar desse problema. O meu muito obrigado e continuem sempre assim.

Abraços a todas às Mães que fazem parte desse trabalho.

A.,

Se vocês moram no Rio que tal aparecerem em um dos grupos? Veja no site os horários.

Quanto à mastite… depende muito do que está acontecendo e o que ela está sentindo. Há engurgitamento? Fissura nos bicos? Saída de pús? Bem, sempre a ordenha ajuda nestes pontos todos. Ordenha manual como descrevemos no site ou como pode ser demonstrado em atendimentos específicos de saúde (bancos de leite e hospitais que são Amigos da Criança, ou Postos de Saúde com este título).

Ordenhando se promove o alívio da tensão da mama e paralelamente drena-se o pús que não será mamado pela criança. A mastite não impede a amamentação, e se pairar alguma insegurança dar o peito não acometitdo e drenar com ordenha o outro.

Para evitar outras mastites é importante manter o peito sem empedramento, e a ordenha é um dos fatores. Cuidado com as compressas e com o que se faz com elas (tanto aumentar a produção como diminuir …).

Abraços e aguardamos suas notícias,

Maria Lúcia
Amigas do Peito

Como faço para tirar o bico de silicone e fazer com que o bebê mame?

20 \20e março, 2006

Olá!

Estou tendo problemas para amamentar minha filha. Como não fiz exercícios durante a gestação, não tenho bico e quando fui tentar amamentar, tive fissuras e sangramento no mamilo. Estou usando o protetor de silicone, mesmo assim dói quando ela vai mamar. Agora não sangra mais. Já tentei tirar o bico de silicone mas ela não pega o peito porque não consegue. Fazem 2 semanas que minha filha nasceu. Ultimamente ela tem chorado muito e só acalma quando dou de mamar. Fica umas 4 hs assim, as vezes mais. O que eu faço?

Será que ela não tem mamado direito? Estou passando pomada Lancinoh no seio. Como eu faço para ter bico? Também queria tanto tirar o bico de silicone… Estou desesperada, me ajude por favor!!!

Obrigada.

Olá F.!

Apesar de não lhe conhecer, posso afirmar à você, que o seu peito tem bico! Ele até pode não ser um bico grande, mas também posso lhe afirmar que o bico é um auxílio a mais para o leite fluir,caindo bem no fundinho da boca dos nossos bebês. Os bebês não devem mamar nos bicos e sim, na aréola (aquela parte escura redonda no peito).Quando eles mamam no bico, podem aparecer as fissuras (porque o bebê está pegando a mama de forma incorreta).

Ainda bem que durante a gestação, você não “exercitou” os mamilos, porque esses exercícios, além de não adiantarem muito a protrusão dos bicos, pelo fator hormonal, poderiam causar contrações uterinas. O momento de fazer os bicos ficarem um pouco maiores para a amamentação, é exatamente antes das mamadas; de que forma?

Bom aí, vão algumas idéias:

-utilizar um sutiã “velhinho”, onde você possa fazer furos bem no local dos bicos; -antes das mamadas, rodar suavemente os bicos para a esquerda/direita (como se eles fossem botão de rádio); -usar seringa de injeção ou bomba tira leite antes das mamadas (para ajudar os bicos a ficarem protraídos) se usar a seringa ,corte o local da agulha , retire o êmbolo e coloque-o no local cortado, aí é só puxar levemente para fazer com que o bico fique mais eriçado.

Essas idéias ajudam o bico a ficar mais eriçado , facilitando a pega do bebê ao peito. Vale lembrar que, quando o bebê suga o peito, o bico se estica até quase a “campainha” do bebê e lá , ele é massageado contra o céu da boca, para que o leite saia.

Observe a pega do bebê no peito, pois 90% das fissuras surgem, porque o bebê está pegando o peito de forma errada…então observe se o seu filhote está abocanhando uma boa parte da aréola, queixo coladinho no peito, boquinha bem aberta, barriga do bebê de frente para o seu corpo.

Para cicatrizar as fissuras, você tem um poderosíssimo cicatrizante que é o leite materno – após as mamadas, espalhe por toda a aréola e bicos, deixe secar e de preferência deixe-os arejados (pois umidade das pomadas, aréola umedecida e fechada, dificultam a cicatrização), banhos de sol também ajudam bastante! E o que previne mesmo, é a pega correta do bebê no peito!

Para diminuir a dor das fissuras, mude as posições das mamadas (tente dar deitada de lado, com o bebê sentado numa das suas coxas, ou na posição invertida – que é o bebê debaixo do seu braço – meio viradinho de lado).

Evitar: deixar o peito muito cheio (pois dificulta a pega dos bebês pequeninos como o seu) ; usar chupetas, mamadeiras e até mesmo o protetor de silicone, pois influem negativamente no sucesso da amamentação, porque é um fator de confusão de bicos, além de não permitir uma boa pega, fazendo com que o leite não seja retirado adequadamente; mamadas prolongadas devem ser evitadas, porque é fator de manutenção da fissura.

Mesmo com o bico fissurado, se a pega estiver correta não haverá dor durante a mamada. Tente oferecer um peito por mamada e de acordo com o desejo do seu bebê, porém, observe esse tempo de mamada (4 horas no peito é muito tempo!); é muito comum, ocorrer perda de peso de bebês novinhos como o seu , porque eles ficam sugando sem retirar leite (sucção não nutritiva)…aí quando vamos a consulta do pediatra, nota-se a falta de ganho de peso e para introduzir um Nan é um pulo!!! E aí é uma “bola de neve” para o desmame precoce!

Se o seu bebê estiver bem posturado, ele conseguirá mamar de forma eficaz, por menos tempo, saciando a fome orgânica ,de forma prazeiros, saciando também a fome afetiva, psíquica, emocional…. Venha à uma de nossas reuniões! Visite o site e escolha uma perto de sua residência http://www.amigasdopeito.org.br ou nos telefone 2285 7779 !

Bom, o e-mail está longo, mas espero que esteja claro para que tudo possa melhorar aí para você!

Um grande abraço,

Claudia Imenes
Amigas do Peito

Como curar meus seios de uma micose, como sapinho?

20 \20e março, 2006

Olá, queridas Amigas do Peito,

Há algum tempo que acompanho a página das amigas do peito e já tirei de lá muitas informações. Não sei se vocês poderão me ajudar agora, mas gostaria de fazer-lhes uma pergunta, que acho até, que alguém já a pode ter feito: Tenho um filho de 7 meses e desde os 4 que não o amamento mais pois meu leite secou. Antes que isso acontecesse, ele teve sapinho e passou para os meus seios, assim como também os machucou muito nessa fase. Com isso, a parte mais próxima aos bicos ficaram muito finas e até hoje, estão bem mais claras do que o restante da aréola.

Gostaria de saber se vocês têm alguma dica para me dar, algum creme, para que os meus seios voltem ao normal?

Desde já, agradeço pela colaboração de vocês.

Um abraço,

F.

F.,

As alterações de cor nos mamilos estão ligadas a vários fatores, inclusive à pigmentação para o preparo da amamentação. Quando se tem uma monilíase, ou outra afecção na pele do mamilo, isto pode realmente dar outro tom à coloração da época.

Com o tempo costuma ir desaparecendo a coloração pigmentada mais escura da amamentação e tudo volta ao tom mais claro de antes. Cremes podem afinar o resto do mamilo e fazer voltar tudo ao que era antes, mas o tempo costuma ajudar neste casos e um pouco de sol fraco também, com a vantagem que tonifica esta pele fina.

Abraços,

Maria Lúcia
Amigas do Peito

Compressas frias e quentes: como usar?

20 \20e março, 2006

Compressas mornas – O calor aumenta a irrigação sangüínea local e a dilatação dos ductos de leite, aumentando a produção de leite. Por isso, as compressas mornas são indicadas para aumentar o fluxo de leite na mama não-empedrada (macia) e coletar leite para armazenamento… Cuidado: não devem ser usadas em mamas muito cheias, pois aumentam o ingurgitamento e podem causar dor/mastite.

Bacia de água morna/tépida – Coloque as mamas com os bicos para baixo na água e “rebole” para o leite sair. Para não haver dor, sempre coloque primeiro os bicos e verifique se a saída do leite está desimpedida! Dica: ao invés de bacia, pode-se usar a banheira do neném para colocar a água.

Banhos mornos – Mesmas indicações das compressas mornas. Ajudam a desobstruir os ductos de saída de leite, aliviando a dor e facilitando o esvaziamento. O banho também relaxa e descontrai a musculatura. Cuidado: pode aumentar a produção, causando mais ingurgitamento! O que fazer: depois do alívio pelo esvaziamento da mama, colocar compressa fria.

Compressas frias (não gelada!) – São anti-inflamatórias e diminuem a irrigação sanguínea e, conseqüentemente, a produção de leite. Cuidado: contraem os ductos, causando dor nas mamas ingurgitadas, por causa do grande volume de leite dentro dos ductos.

Banhos de água fria ou na temperatura ambiente – Alivia a dor causada pelo excesso de leite, esfriando as mamas endurecidas e quentes e aliviando a mãe com “febre de leite”. Permite melhor manipulação das mamas.

Estou com dor e rachaduras nos bicos do peito: o que fazer?

20 \20e março, 2006

Estou com dor e rachaduras nos bicos do peito: o que fazer?

A princípio, a amamentação deveria ser uma prática tranqüila e bem sucedida. Mas amamentar não é apenas uma ação natural – envolve também o nosso lado emocional e cultural. Como qualquer nova experiência requer muita observação, paciência, e persistência. Às vezes, nos deixa em apuros, com dor, rachadura nos bicos do peito, por exemplo.

Por que estou com tanta dor e das rachaduras nos bicos do peito?
Geralmente, o problema é causado porque o bebê está abocanhando mal a aréola. A posição do bebê em relação ao corpo da mãe pode estar incômoda. A cabeça pode estar virada, forçando a abocanhadura apenas em um dos lados do mamilo.

Como acomodar o bebê para mamar?
Não existe um jeito certo de amamentar. Mas observamos que acomodar mãe e bebê na posição “barriga com barriga” (seja deitada sentada ou de pé) costuma dar super certo, pois a cabeça do bebê fica bem de frente para o peito, sem machucá-lo.

O que eu posso fazer para ficar mais confortável?
O desconforto da mãe ou do bebê costuma prejudicar a amamentação. Quando a mãe está cômoda e relaxada, a amamentação é mais fácil. Vale a pena colocar um apoio para o pé ou um travesseiro nas costas. Ao dar de mamar deitada, coloque também um apoio na cabeça e entre as pernas. Isso ajuda a deixar o ombro solto, evita dor nas costas e faz da amamentação um momento de repouso e prazer.

Meu bebê fica horas no peito, “chupetando”…
Essa prática pode machucar o bico, deixando-o escuro e dolorido. Se o bebê não soltar o bico espontaneamente, podemos ajudá-lo colocando o dedo mindinho entre o canto da boca do neném e o nosso peito.
Dar de mamar não é a solução para todos os desconfortos do bebê. A criança chora por várias razões: fome ou sede, sono ou dor, frio ou até mesmo porque está incomodado pelas tensões dentro de casa.

Bicos de silicone e chupetas podem estar causando problemas?
Sim. O bebê abocanha o peito da mãe como pega os bicos de borracha e silicone: com a boquinha muito fechada.
Devo segurar o peito na hora de oferecê-lo ao bebê? Aquele famoso dedo em tesoura, com “medo de o peito sufocar a criança” atrapalha bastante, pois faz o bebê ter a sensação de que o peito está escapando. Por isso, ele morde o peito com a gengiva, causando muita dor na mãe.
Outras problemas que podem causar dor e desconforto… Uso de produtos sobre o bico durante a gravidez (óleos, cremes, álcool) pode irritar a pele do mamilo e facilitar a rachadura. Além disso, amamentar com o peito muito cheio, quase sem bico ou com o bico esticado e duro, pode machucar a pele. (Veja também as dicas sobre como esvaziar o peito antes de amamentar.)

O que posso fazer para melhorar?
Usar o próprio leite após cada mamada. Deixar que uma gota escorra e passar na parte escura e no bico deixando secar naturalmente.
Manter ao máximo o bico seco. Evitar abafar o mamilo ou deixá-lo úmido por muito tempo.
Pegar alguns minutos de sol por dia nos mamilos. O sol é um cicatrizante natural, que ajuda a manter os mamilos secos e saudáveis. Mas cuidado para não queimar a pele do peito! Corte dois buracos num sutiã velho e exponha apenas os mamilos e aréolas ao sol por alguns minutos todos os dias.


Trocar idéias, participando das reuniões das Amigas do Peito!


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.