Chupar o dedinho ou a chupeta pode prejudicar a amamentação?

Boa tarde,

Tenho um bebê de 2 meses (menina: Nicole) e pretendo amamentá-la até o sexto mês, porém, estou com uma dúvida.

Quando ela está pegando no sono, ela coloca a mãozinha na boca e fica chupando. Acho que assim que ela descobrir o dedinho, irá chupá-lo. A minha dúvida é que se eu der chupeta somente nestes momentos, isso irá atrapalhar na amamentação do peito? Existe algum modelo especial de chupeta? Pergunto isso, pois acho muito pior a criança chupar o dedo, do que a chupeta que é mais fácil de tirar depois.

Obrigado pela atenção e fico no aguardo de um parecer.

Abraço,

K.

Olá K.,

Desculpe a demora em responder. Todas nós somos voluntárias e dependemos da ajuda mútua para fazer a página, os atendimentos e todas as demais atividades das Amigas… No seu caso, a demora foi por conta do feriado e por que o meu filhinho está com febre há três dias! Para completar, a Internet da sede das Amigas do Peito ficou parada vários dias por um problema técnico! Mas vamos lá!

Antes de mais nada… será que você não está antecipando um problema que nem vai acontecer? Às vezes a gente fica pensando que conhece os filhos e eles nos surpreendem muito! Quem sabe a sua filhinha não fica só nos punhos e? Outro detalhe: muitos pediatras consideram que as crianças que conseguem confortar a si mesmas são mais inteligentes emocionalmente…

Em relação à chupeta: realmente a chupeta não é recomendada por ser prejudicial à amamentação. Mas, como toda regra, esta também deve ser aplicada segundo o seu bom senso. A sua filhinha já está plenamente adaptada ao peito? Vem crescendo e ganhando peso normalmente (dentro do esperado para um bebê que mama só no peito, é claro)? Se todas essas perguntas têm a resposta “sim”, talvez a chupeta não seja um fator de desmame. Sabemos que ela pode prejudicar vários aspectos da formação da criança, mas eu mesma dei chupeta para o meu filho porque ele chorava muito! No meu caso, por exemplo, deixava a chupeta como último recurso, quando já não conseguia outra solução. Assim, a chupeta vira uma alternativa e não um acessório permanente do bebê. Se conseguirmos controlar nossa ansiedade, veremos que a chupeta pode ser usada apenas em determinadas situações. Isso facilita muito depois a retirada. O meu filho, por exemplo, largou a chupeta por decisão própria aos dez meses. Disse “não” (daquele jeito de bebê) e pronto!

Formalmente, como você já sabe, a chupeta não é recomendada, não só pelo aspecto da amamentação, mas também por outros fatores de formação e desenvolvimento da face, da boca etc.

Qualquer dúvida, escreva para gente,

Um grande abraço,

Karina
Amigas do Peito

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: