Como faço para diminuir a quantidade de vezes que amamento meu filho?

Olá, Amigas!

Adorei descobrir este site. Gostaria de fazer uma visita em uma reunião mas queria esclarecer uma dúvida com vocês: Tenho um filhinho de um ano e sete meses que mama diariamente pelo menos cinco vezes. Acorda e diz “Mamá”, depois do almoço “mamá”, de tarde, quando vai tirar a soneca, “mamá”, quando acorda da soneca “mamá”, depois do jantar “mamá” e antes de dormir “mamá”. Normalmente são seis vezes e nunca menos de quatro. Não penso em desmamá-lo mas estou começando a ficar preocupada com o número de solicitações de peito. Tenho medo de que se transforme em alguma dependência psicológica, sei lá, algo relacionado a isso. Mamei até os quatro anos e não sei como se deu meu desmame. Não quero fazer nenhuma besteira quanto à negação do peito para ele (eu não nego, dentro da regra de comer as refeições) mas tenho a nítida impressão de que ele me faz de “bebedouro”.

Por favor, gostaria de um esclarecimento quanto a essa questão! Vou fazer todo o possível para ir com meu marido na reunião da Tijuca.

Abraços,

A.

A.,

Seu bom senso já deu a resposta. Não creio que dizer não e impor limites possa trazer nenhum malefício para seu filho. Se o número de vezes que ele quer mamar incomoda, você pode carinhosamente dizer agora não, e colocar quando você acha ser o momento adequado. Como adulto da relação, respeito e carinho são tudo o que você precisa para determinar como será a amamentação de seu filho. Inclusive respeito por você mesma, e por seus desejos.

Muitas vezes nos fixamos na amamentação como doação e esquecemos que ela é uma troca onde mãe e filhos que recebem e doam inúmeras coisas e ainda trocam com o resto da família.

Estamos esperando você na reunião, até!

Maria Lúcia
Amigas do Peito

Anúncios

Tags:


%d blogueiros gostam disto: