É normal o bebê regurgitar? Pode ser perigoso? Como evitar?

Olá,

Meu nome é D. e tenho um bebê lindo de 1 mês e 4 dias chamado Nicolas. Gostaria de uma opinião de vocês: tenho bastante leite, graças a Deus, e o Nicolas mama bastante e bastante rápido também, em torno de 5 minutos ele já mamou. Devido a rapidez da mamada eu só dou um peito por mamada, afinal nem dá tempo de dar os 2 peitos.

Então eu faço assim: em uma mamada se eu dou o peito direito, na próxima mamada eu dou o esquerdo. O espaçamento que ele faz entre as mamadas varia bastante, alguns dias ele mama a cada 1:30h, outras vezes ele espaça mais, 2 a 3 horas entre cada mamada (se mamar depois do banho ele espaça 4 horas).

E aí ele regurgita um pouco de leite. Muitas vezes o leite volta logo após a mamada, outras vezes volta depois de 1 ou 2 horas (muitas vezes ele chora para mamar e regurgita a mamada anterior..).

Tenho algumas duvidas:

1 ) Porque isto acontece e porque o leite volta depois de tanto tempo (1 a 2 horas depois)?

2 ) Muitas vezes o leite que volta é um leite grosso, parecendo uma bába grossa… e muitas vezes este leite grosso volta logo após a mamada, outras vezes depois de um tempo. Porque algumas vezes o leite que volta é fino e outras é grosso?

3 ) Quando o leite volta eu devo dar o peito novamente ou não?

4 ) Tem alguma coisa que devo fazer para ele não regurgitar?

5 ) Quero começar a tirar leite pois voltarei a trabalhar no início de março (daqui a três meses), para isto comprei uma bomba elétrica. Como devo proceder? Devo tirar após cada mamada dele? E neste caso, devo tirar dos 2 peitos? Ou devo tirar 1 vez por dia? Como devo proceder com a estocagem do leite? Posso congelar em congelador de geladeira ou deve ser em frezzer? Por quanto tempo posso congelar? O pediatra me disse que posso congelar por 6 meses, é isto mesmo?

6 ) Depois de tirar o leite, depois de quanto tempo começo a fabricar mais leite?

7 ) Não tem perigo de eu tirar o leite e ele querer mamar e não ter leite suficiente para ele?

8 ) O pediatra me disse que posso comer de tudo que nada passa para o leite. É verdade? Se não for verdade, o que não devo comer?

9 ) É verdade que tirando o leite com bomba, nosso cérebro entende que é o bebê que está mamando e começa a produzir mais leite?

10 ) Nesta fase do meu bebê (1 mês e 5 dias) quanto mais ou menos ele mama em cada mamada? E quando volta, quanto mais ou menos volta? As vezes tenho a impressão que volta tanto leite…

OBS. Inclinei um pouco o colchão para melhorar este regurgitamento e na consulta de 1 mês com pediatra, ele engordou 700gramas desde sua saída do hospital (ele nasceu com 3.515kg, saiu do hospital com 3240kg e depois de 1 mês está com 3.910kg).

Se preferirem, e for mais fácil para vocês, pode responder depois de cada pergunta. Aguardo ansiosa a resposta URGENTE!

Obrigada.

Beijos.

D.

Oi D.,

Parabéns pelo seu Nicolas e pela sua energia!! Quantas perguntas! Fique tranquila. Você tem o principal ingrediente da amamentação: disposição, auto-confiança e desejo de amamentar!

Vamos então às suas perguntas, respondidas 1 a 1, como você sugeriu:

1 ) A “golfada” ou regurgitamento não causa qualquer problema, além de molhar nossas roupas! 🙂 Meu filho também era golfador à beça e sempre se desenvolveu muito bem. Não se preocupe, é da fisiologia particular de cada bebê.

Em relação à “volta” do leite: na verdade, o seu corpo está começando a se adaptar à produzir apenas o leite necessário para o Nicolas. Nos primeiros meses é normal a sensação do peito desregulado, mas aos poucos tudo isso se normaliza. Dê um tempinho e curta a amamentação, sem se preocupar muito. A tendência é que a produção de leite fique igual à das lágrimas nos olhos: elas só aparecem quando precisamos chorar. Com o leite, vai acontecendo a mesma coisa. Em algumas semanas ou meses, você vai passar a produzir ao longo da mamada. O peito fica praticamente com o mesmo tamanho que tinha antes da gravidez. E isso não significa que o leite acabou, mas apenas que o seu corpo se adaptou.

2 ) O leite varia de consistência ao longo da mamada: no início é mais líquido e proteico (mata mais a sede) e no final é mais espesso e gorduroso (e mais engordativo). Essa combinação é natural e perfeita para o bebê. Se está tudo indo bem com o Nicolas, você não precisa se preocupar com isso. Siga sua intuição, como você já está fazendo.

3 ) Quem pode responder essa pergunta é o Nicolas!! Se ele estiver com fome… 🙂 Caso a sensação se torne incômoda, e ele não quiser mamar, retire um pouco do seu leite para aliviar (veja na nossa página algumas dicas). Mas, como escrevi acima, em pouco tempo, o corpo vai se adaptando.

4 ) Não é preciso evitar! O regurgitamento é perfeitamente saudável, principalmente se o Nicolas (que é o maior interessado) não demonstrar incômodo com isso.

5 ) Mais uma vez, não existem regras fixas. Cada mãe, cada bebê e famílias são únicas. Veja qual o horário em que você se adapta melhor. O que estiver bom para todos, estará certo! Lembre-se de começar com bastante calma, se dando vários dias para se adaptar ao novo processo. Talvez fosse bom esperar um pouco. Você pode relaxar agora (afinal, acabou de passar por um parto e um novo bebê!!) e deixar para se fazer a ordenha quando faltarem duas semanas para a volta ao trabalho…. Veja na nossa página várias dicas sobre isso. Você pode congelar no congelador da geladeira por cerca de 3 meses ou até 6 meses no freezer.

6 ) Sim, sua produção vai aumentar. O tempo exato não sei, pois varia de mulher para mulher. Comigo, variou de 4 a 7 dias.

7 ) Não tem o menor perigo! Ao contrário, quanto mais você tirar, mais vai ter. Apenas tenha paciência para fazer a transição com calma, tome bastante líquido, coma bem e procure descansar muuito.

8 ) Siga sua intuição. Coma tudo que te parecer bom e saudável. Procure se tratar bem, se sentir bem consigo mesma, sem sacrifícios.

9 ) Sim.

10 ) Querida amiga: porque se preocupar com isso? Em cada mamada, a quantidade varia assim como a qualidade. É normal, é da vida, e é bom que seja assim. A gente não é assim também? Uma hora toma muita água, outra hora toma um golinho? Como te escrevi, regurgitar não faz mal nenhum…

Seria ótimo se você pudesse dar um pulinho numa reunião das Amigas! Assim poderíamos conversar e trocar idéias pessoalmente.

Qualquer dúvida, escreva.

Um grande abraço,

Karina
Amigas do Peito

Obrigada Karina, pela sua paciência em responder todas as minhas dúvidas!!!

Infelizmente não poderei ir às reuniões das Amigas do Peito pois moro no interior de São Paulo. Mas, se você não se incomodar, gostaria de continuar tirando minhas duvidas com vocês por e-mail, afinal é meu primeiro filho e ainda tenho muitas duvidas sobre como fazer o melhor por ele…

Muitos beijos e mais uma vez super obrigada.

D.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: