Por que minha filha de 5 dias chora muito e nunca parece satisfeita?

Olá,

Minha filha nasceu e tem 5 dias de vida. Já produzo bastante leite, só tenho dificuldades porque meu seio direito está bem ferido e dói muito para amamentar. Mas sei que isso passa logo com as dicas que peguei no site. A minha dúvida é: quando está acordada, (que é raro a não ser de noite, pois tem trocado o dia pela noite) ela quer mamar o tempo todo, mas é só colocar no peito que ela dorme. Não mama mais que 10 a 15 minutos.

Sei que sai muito leite pois escuto ela engolir e às vezes chega até a engasgar, pois esquece de engolir e dorme.Com isso ela nunca esta satisfeita e nunca esvazia o peito, e quando acorda, fica irritada e fica com dificuldade de pegar o peito. O que faço para satisfazê-la?

Cara D.,

Parabéns pela filhota! Puxa, com cinco dias de vida, o que podemos dizer? Acho que você está fazendo tudo certíssimo, pelo que disse na sua mensagem: é preciso ter paciência, informação, calma e auto-confiança. Tudo que você já tem! Em relação ao tempo de mamada e ao sono, é muito cedo para saber como é a sua filhinha. A gente precisa ir conhecendo os nossos filhos, aprendendo o ritmo deles e se adaptando (e às vezes, tentando adaptá-los também).

Alguns bebês são muito eficientes mesmo: mamam poucos minutos e já estão satisfeitos! Eu tenho uma amiga que a filha só mamava poucos minutos, desde que nasceu. Ganhou peso e cresceu normalmente. Então “tempo não é documento”… pode ficar tranquila. Outra coisa que às vezes confunde a gente: choro nem sempre é de fome! Se o bebê mamou há pouco e a sua intuição diz que ela está alimentada, tente outras hipóteses: sono (sim, os bebês choram muuuuito de sono), cólicas, cansaço, dor, frio, calor… Às vezes, a gente brinca que a melhor solução para um choro desses é passar o bebê para o colo de alguém que esteja bem calminho.

Fique tranquila, converse bastante também com sua bebê sobre isso, calmamente, com carinho. Procure dormir com ela, por exemplo. É uma forma de estar junto e descansar ao mesmo tempo. Eles entendem e colaboram, por incrível que possa parecer. Deite numa rede, balance, descanse sempre que possível. Lembre de beber muitos líquidos!

Se você mora no Rio, venha nos conhecer numa reunião. É um encontro super legal!

Um abraço grande,

Karina
Amigas do Peito

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: