Posso introduzir outros alimentos e continuar a amamentar?

Olá,

Estou com algumas duvidas e gostaria muito que vcs me ajudassem. Moro na Holanda, tenho um bebe que nasceu de parto natural incrível com o peso de 4.650 gramas. Amamento desde os primeiros minutos de vida dele, apesar das enfermeiras terem me tirado ele por dizerem que não podia. Mas assim depois de duas horas que estava no quarto eu peguei o meu bebê e amamentei. Depois de muitas pessoas me criticarem por não ter horários fixos para as mamadas, meu bebê só ganhou peso até hoje. Com 6 meses e 16 dias meu bebê pesa 11 kilos e 200 gr. e todos falam que preciso introduzir alimentação sólida. Tambem concordo, mas não quero deixar de amamentar queria poder introduzir os alimentos e as mamadas junto.

Dúvida 1: como fazer para amamentar e começar a dar os alimentos?

Dúvida 2: em quais mamadas devo dar papinhas ou frutas?

Dúvida 3: como faco a alimentação? Dou cenoura junto com batata ou só a cenoura ou só a batata e depois a mamada? Ai meu Deus, cada pessoa fala uma coisa, eu leio artigos e cada artigo fala de um jeito. Nunca cozinhei, sou filha única e nunca tive que cuidar de bebês e agora com o meu bebê acho o maximo dar peito por que ninguém pode falar nada. Dá esta fruta, depois esta, tô ficando doida, pois aqui na Holanda se fosse pela mulheres que pesam os bebes eu teria dado comida já no 4o. mês de vida e tirado o peito agora com 6 meses de vida do meu bebê. Como sou teimosa meu bebê se alimenta só do peito.

Dúvida 4: posso dar somente o peito exclusivamente até o 8o. mês de vida do meu bebe?

Dúvida 5: nao tenho problemas com meu marido em dar peito, e ele até incentiva para somente dar peito, já que o nosso bebe só ganhou peso até hoje, nunca ficou doente e é super feliz, só chora mesmo quando quer mamar pra dormir. Mas quero poder dar papinhas sem tirar o prazer do peito e eu tambem estou sentido um vazio de dar outros alimentos. Sei que isto não é natural, mas não me sinto segura, leio muito, mas sempre fico na dúvida, por que cada artigo escreve de uma forma.

Espero sinceramente que voces possam me ajudar. Por favor, sei que algumas perguntas voces vão dizer que tenho que falar com o pediatra. Mas aqui na Holanda eles pensam de outra forma. Primeiro, dar peito aqui é uma coisa do outro mundo, pouquíssimas são as mulheres que dão peito exclusivamente peito, as pessoas da minha idade 30 anos são as mais preconceituosas nesta questão, por incrível que pareça. O pediatra aqui você só pode visitar se for um caso raríssimo, se o bebê estiver com um problema muito grave. Aqui o normal é o medico de casa que sinceramente te deixa mais em dúvida do que nunca. Então prefiro pessoas que falam meu idioma e têm experiência…

Vou agradecer imensamente se me responderem as minhas dúvidas…

Obrigada pela atenção, E.,
mamãe do G.

Cara E.,

Calma! Você já respondeu a maioria da suas perguntas!!!! É isto aí que você pergunta que é a resposta! Pode amamentar e dar comida, basta seguir o cardápio familiar, o que vocês comem, e ir introduzindo aos poucos passo a passo, até por o bebê estar ganhando peso. Não há pressa! As mamadas podem ou não serem substituídas por refeições, é da escolha de vocês dois. O bebê muitas vezes se interessa por comer e depois apenas mama um tiquinho como sobremesa.
Frutas e legumes que vocês comem em casa são os de preferência na escolha, e as quantidades aumentam na medida do interesse da criança. Prolongar a amamentação até os dois anos ou mais é realmente um hábito bastante saudável e recomendado pela Organização Mundial de Saúde.
Se você tiver oportunidade busque um grupo de mães chamado Ammehjelpen Internacional. Elas estão sediadas na Noruega, mas há gente na Holanda também. Estamos ao seu dispor, envie-nos notícias sempre!

Muitos abraços,

Maria Lúcia
Amigas do Peito

Anúncios

Tags:


%d blogueiros gostam disto: