Archive for the ‘Dicas’ Category

Como armazenar o leite ordenhado?

6 \06e novembro, 2007

Quero começar a tirar leite pois voltarei a trabalhar no início de março (daqui a três meses), para isto comprei uma bomba elétrica. Como devo proceder? Devo tirar após cada mamada dele? E neste caso, devo tirar dos 2 peitos? Ou devo tirar 1 vez por dia? Como devo proceder com a estocagem do leite? Posso congelar em congelador de geladeira ou deve ser em frezzer? Por quanto tempo posso congelar? O pediatra me disse que posso congelar por 6 meses, é isto mesmo?

Não existem regras fixas. Cada mãe, cada bebê e famílias são únicas. Veja qual o horário em que você se adapta melhor. O que estiver bom para todos, estará certo! Lembre-se de começar com bastante calma, se dando vários dias para se adaptar ao novo processo. Talvez fosse bom esperar um pouco. Você pode relaxar agora (afinal, acabou de passar por um parto e um novo bebê!!) e deixar para se fazer a ordenha quando faltarem duas semanas para a volta ao trabalho…. Veja na nossa página no item “Volta ao Trabalho” várias dicas sobre isso. O tempo de conservação do leite materno segundo a Rede Nacional de Bancos de Leite Humano, é o seguinte:

– congelador da geladeira ou freezer por 15 dias

– geladeira SEMPRE na 1ª prateleira (mais fria) por até 24 horas

– temperatura ambiente: até 4 horas

Anúncios

ADAPTAÇÃO E PRIMEIROS DIAS DO BEBÊ

6 \06e novembro, 2007

O que é uma pega facilitadora? Geralmente ouvimos falar que amamentar dói! As pessoas dizem: “É assim mesmo: machuca e a mãe tem que agüentar!” Mas não tem que ser assim! A dor ou o aparecimento de fissuras no mamilo podem ser causadas por uma pega inedequada do peito

Como fazer? Pega faciltadora do peito significa: o bebê abocanhar uma boa parte da aréola (parte mais escura do peito) ou ela toda,se for pequena;a boca do bebê deve estar bem aberta, com o lábio inferior voltado para fora (tipo “beicinho”) e o queixo encostado no nosso peito;a barriga do bebê deve estar TOTALMENTE virada para a nossa barriga.

Como acomodar o bebê? Para facilitar essa pega , a postura do bebê também tem grande importância! A barriga dele deve estar em contato com a nossa barriga, em qualquer uma dessas posições qu eestivermos: deitada, sentada, em pé… Para muitas mães, uma boa dica é dar de mamar na posição “cavalinho”, com o bebê sentadinho de frente para o peito.

Será que eu tenho pouco leite?

20 \20e março, 2006

Será que eu tenho pouco leite?
Todas as mulheres têm leite suficiente para amamentar seus filhos! A natureza nos fez muito eficientes… Embora a amamentação tenha uma base biológica (afinal, somos mamíferos), as influências culturais, psicológicas e sociais são muito fortes. As pressões do dia-a-dia são capazes de anular nossa “programação” genética para a produção e liberação de leite.

Como é produzido o leite?
Nosso corpo produz o leite a partir de informações e estímulos que são transmitidos por hormônios. E os hormônios da amamentação são fabricados a partir dos estímulos da sucção do peito pelo bebê que mama.

Por que eu estou com dificuldades?
Vários fatores podem interferir com a produção e liberação do leite. Ansiedade, medo, cansaço podem fazer circular em nossa corrente sanguínea uma grande quantidade de adrenalina e outros hormônios que atrapalham a amamentação. Isso nos dá a sensação de ter pouco leite, de que não vamos conseguir amamentar… Aí vem choro da criança, da mãe, da família…

Por que o meu bebê não engorda?
Quanto mais o bebê mamar, mais leite vai ser produzido. Muitas mães acham que devem “economizar” o leite, e acabam reduzindo o número de mamadas. Isso acaba causando mais problemas. Quando o bebê mama pouco e poucas vezes por dia, o cérebro recebe uma mensagem para diminuir a produção de leite… Por isso, observamos que dar o peito muitas vezes ao dia é a melhor dica para aumentar a produção de leite.

Como fazer para o bebê ganhar peso logo?
Sempre brincamos dizendo que o primeiro leite mata a sede e o segundo leite mata a fome. Por que? O primeiro leite que sai da mama é rico em sais minerais, água, proteínas e açúcares. Depois sai um leite misturado e então desce um leite mais encorpado, brancacento, que é rico em gorduras, saciando e engordando a criança.

Como fazer o bebê mamar o segundo leite?
Uma dica é fazer a ordenha e armazenar o primeiro leite, oferecendo ao bebê o segundo leite (mais calórico) primeiro!

Como fazer a introdução de alimentos após a amamentação exclusiva?

20 \20e março, 2006

A amamentação exclusiva atrapalha a introdução de alimentos ao bebê?
Em torno da amamentação existem vários mitos e tabus, e o de relacionar dificuldades na introdução de alimentos com a amamentação é um dos mais constantes.

Pois bem, cientificamente não existe nenhuma relação entre amamentação exclusiva e dificuldades para alimentar, e podemos afirmar que em nossa prática tal fato não se procede. Senão vejamos: quantas outras crianças conhecemos, que nem ao menos mamaram no peito, que também tem dificuldades quando da introdução de outros alimentos? E outras tantas, que até mesmo tiveram uma amamentação prolongada (acima de 1 ano e meio) e alimentam-se perfeitamente?

Sugerimos tentar trabalhar as dificuldades do bebê através da técnica de amorização. No que consiste esta técnica? Pois bem, vamos lá: assim que o bebê dormir, de quinze a trinta minutos depois, comece a conversar com ele, usando sempre uma linguagem positiva, isto é: não use expressões negativas ao falar com ele; ao contrário, use sempre mensagens positivas, como por exemplo: A mamãe ama muito você; você é uma criança forte, saudável, calma, tranqüila, independente; você adora comer papinha de legumes, tomar suquinho; você adora a comida que a mamãe faz prá você; você já anda sozinha; você já come sozinha; você adora relaxar, dormir, descansar….

Quais alimentos devem ser introduzidos…?
Deixamos essa sugestão à critério dos médicos pediatras, porém acreditamos que a introdução dos alimentos deve ser feita de forma gradativa (um de cada vez), que sejam oferecidos na colher, copinho (evitando mamadeiras) e sempre após a mamada no peito.

Rose Teykal
Amigas do Peito