Quem Somos – Projetos

quem_projetos.jpg

PROJETO EDUCATIVO NAS COMUNIDADES

Apresentado por Maria Lúcia Futuro Mühlbauer

HISTÓRICO E JUSTIFICATIVA

O Grupo de Mães Amigas do Peito iniciou seu trabalho voluntário e gratuito de apoio à amamentação em 1980. Desde então, vem trabalhando de formas diversas apoiando e promovendo a amamentação.

Seus projetos educativos buscam conceituar a amamentação através da brincadeira, do contar histórias, da representação teatral.

A proposta das Amigas do Peito de trabalhar a amamentação sistematicamente desde a pré-escola baseia-se no fato de considerarmos a determinação biológica da amamentação insuficiente, entre os seres humanos, para que a amamentação seja levada adiante. As influências sociais e culturais também condicionam esta prática, assim como as vivências pessoais e coletivas na infância.

Por tudo isso, este projeto tem como objetivo principal recriar uma sociedade de cultura favorável à amamentação a partir da infância.

OBJETIVOS
• Conjugar a educação e a vivência da prática da amamentação. Favorecer a conceituação da amamentação na faixa pré escolar e escolar.
Capacitar a rede escolar e de creche para fomenta a amamentação. Assessorar grupos de apoio à amamentação dentro desta comunidade e estimular as lideranças que darão continuidade ao trabalho.

PÚBLICO-ALVO
Creches e escolas do ensino fundamental, visando atingir professores, funcionários, crianças, famílias e a comunidade em torno.


Menino brinca com
boneca que
amamenta
(Creche D. Orione – Niterói/RJ)

DESENVOLVIMENTO E ESTRATÉGIAS

• Organizar treinamento de pessoal visando um melhor desempenho junto à comunidade dentro e fora da Escola.

• Participar de reuniões com a Associação de Moradores e comunidade escolar se necessário.

• Através dos núcleos escolares:

  • – trabalhar a amamentação em conjunto com os docentes, principalmente favorecendo troca de informações e capacitação.
  • – realizar atividades lúdicas concretas sobre a amamentação com crianças de 2 a 5 anos e seus familiares.
  • – promover encontros, estimular pesquisas sobre amamentação, sensibilizar também pais e alunos de 6 a 12 anos
  • – propor para o final de cada semestre apresentação de trabalhos (artísticos ou científicos) por parte dos alunos, sob a orientação dos profissionais de educação.
  • – colaborar com os serviços do bairro, lançar campanha de esclarecimento sobre amamentação, para a população principalmente para as gestantes e assessorar os grupos de apoio à amamentação que possam se formar durante o trabalho.

MATERIAL DIDÁTICO

• Brinquedos e livros de pano facilitam a dinâmica do projeto. Bonecas de pano que amamentam, livros interativos, e outros brinquedos deverão ser utilizados dentro do espírito de criatividade do projeto.• Produção de material para montagem de histórias em quadrinhos e desenho animado em vídeo sobre o tema amamentação, visando reprodução e distribuição em outras escolas para atividades de apoio, e posteriormente, divulgação em outros idiomas se for do desejo da Escola e se houver fundos específicos para tal.

EXEMPLO DE UM PROJETO BEM SUCEDIDO


Professoras e crianças da creche
D. Orione (Niterói/RJ)
Em projetos já implementados (1995-2000), as Amigas do Peito desenvolveram diversas atividades em creches de Niterói/RJ.Brincando com bonecas artesanais que amamentam, as crianças fortaleceram a idéia da amamentação ou passaram a ter este conceito quando não chegaram a mamar no peito.O trabalho é dividido em três etapas: sensibilização e envolvimento do corpo docente, atividades feitas diretamente com as crianças e formação de grupo de apoio de mães. Privilegiam-se atividades lúdicas, de fantasia e teatrais com a participação ativa das crianças, do corpo docente e da comunidade.

A proposta de conjugar a educação escolar e a vivência da prática da amamentação de forma agradável e lúdica resultou em crescimento para as Amigas do Peito e para todos das escolas. Mães, professoras e crianças trocaram experiências ricas.

As Amigas do Peito passaram a assessorar e estimular as lideranças que deram continuidade ao trabalho nos anos seguintes, passando a coordenar atividades resultantes
deste projeto.A diversidade de formas de ação e a transformação resultante, assim como as dificuldades, foram desafios e estimularam a expansão do projeto por mais tempo e em outras escolas. (O projeto funcionou por 2 anos na Creche filantrópica D. Orione e por 6 meses na Creche comunitária
de Jurujuba – Niterói/RJ).
Professoras e crianças constróem
bonecos e brinquedos com diversos materiais na creche D. Orione (Niterói/RJ)
.

RESULTADOS ALCANÇADOS

A avaliação dos resultados foi feita através dos desenhos, construção de histórias e atitudes de crianças, corpo docente e demais adultos envolvidos. Como resultado secundário foi escrito um manual.Após alguns anos de atividades do projeto, a equipe de médicos de família de Niterói/RJ registrou um aumento de 40% na prevalência da amamentação até o quarto mês e idêntico aumento na incidência da amamentação, na área, diferentemente de outras regiões da cidade.
Bonecas feitas por crianças da
creche D. Orione (Niterói/RJ)

No futuro, quando essas crianças se tornarem pais, esperamos que esses índices melhorem ainda mais. Veremos como estarão amamentando com confiança seus bebês.

Um trabalho de semeadura não deve ser avaliado apenas pelo seu alcance em curto prazo. Os resultado parciais obtidos na percepção da alteração da qualidade de vida imediata, a transformação das posturas de adultos e crianças indica que este é o caminho certo para gerar frutos e muito leite materno no futuro!


« Voltar


%d blogueiros gostam disto: